• (11) 99385-0963
  • contato@psicologabrancafrias.com.br
18
Dezembro

Ano Novo. Vida Nova?

Esta época do ano se tornou um período para balanços de vida, e estabelecimento de metas... as tão famosas promessas de fim de ano!
 
Nestes dias notamos nos consultórios uma evidência maior de tristeza, melancolia e solidão. Talvez esses sentimentos aflorem por serem estimulados pela mídia das festas de final de ano...
 
Assim, percebemos nas pessoas uma busca desenfreada por organizar reuniões familiares, contactar pessoas que durante o ano todo você nem lembrou que existia, uma preocupação com presentes e com as festas.
 
Na realidade estamos apenas procurando #trocasafetivas, só que muitas vezes essas trocas não são satisfatórias, principalmente porque estamos dando ênfase ao consumismo, ao estar junto porque tem que fugir da solidão e da constatação de que você na realidade é só, que as pessoas apenas passam pela sua vida em determinadas fases e que elas se vão e dão lugar para outras, como um ciclo.
 
Penso, que na realidade não precisamos de épocas determinadas pela sociedade para realizar esse processo de autoconhecimento. Cada um descobre o seu tempo. Aí sim, você deve realizar esse balanço, que pode ser anual, semestral, mensal, na data do seu aniversário, etc.
 
Essas questões devem ser cuidadosamente analisadas:
- O que eu conquistei?
- Quais os resultados colhidos?
- Quais as metas que não foram alcançadas e por que não foram?
- O que eu quero para minha vida?
 
Esse levantamento interno deve abranger tudo o que foi feito no período que você estabeleceu, analisando os erros e acertos, sem julgamentos, apenas constatando os fatos.
 
Após isso deverá vir o planejamento, que nada mais é do que traçar os caminhos que você deseja trilhar. Estabelecer metas, lançar desafios, traçar objetivos coletivos e pessoais.
 
Outro ponto muito importante é aprendermos a dar valor para nossas conquistas, sejam elas grandes ou pequenas. Comemore, pois assim estamos elevando nossa autoestima, e injetando energia para continuar a caminhada.
 
Viva! Mas viva bem, junto com as pessoas que gosta e com as que não gosta também, pois com elas você aprenderá coisas importantes a respeito de si mesmo.
 
Feliz 2021! Repleto de paz, amor, saúde física e mental!

Leia também

22
Setembro

A origem do Setembro Amarelo

Vamos falar um pouco sobre a origem do Setembro Amarelo e todo esse movimento de conscientização contra suicídio que começou com a história de Mike Emme, nos Estados Unidos. Ele era conhecido por sua

Vamos conversar?