• (11) 99385-0963
  • contato@psicologabrancafrias.com.br
07
Maio

Fontes de Stress do Idoso

A meu ver, a velhice é uma fase muito importante, pois é quando todos os significados e papeis que desempenhamos ao longo da vida vão mudando, se extinguindo ou diminuindo a força. Assim a pessoa fica sujeita a muitas fontes estressoras, acarretando prejuízos físicos (instalação de doenças) ou emocionais (dificuldade de absorver as mudanças e buscar novos objetivos de vida).

Dessa forma torna-se importante que o idoso se adapte a essa nova fase, com todas suas diferenças e procure manter sua autonomia, buscando novas formas de se realizar pessoalmente, inclusive contribuindo para a comunidade. Esse período deve ser rico em trocas onde o idoso aproveita a sua sabedoria e experiência de vida.

Conheça abaixo algumas das fontes estressoras:
 
Família: na velhice ocorre uma queda no convívio social por conta da aposentadoria e da proximidade dos familiares, além do que muitos desses familiares muitas vezes se tornam os cuidadores, tornando muitas vezes o relacionamento mais tenso.

Preocupações com auto limitação física e dependência: muitas vezes com a instalação de doenças o idoso perde sua autonomia, com a baixa da mobilidade, além do conceito “perto da morte” e além da perda de amigos e parentes.

Finanças e moradia: devido a ineficiência do sistema de previdência, que acarreta uma serie de implicações negativas na vida do idoso, como a queda do padrão econômico, dificuldades com o sistema de saúde, entre outros.

Profissional: a aposentadoria muitas vezes é um fantasma na vida do idoso na medida em que há um decréscimo importante na renda e o fato de se sentir que não está mais gerando lucro, sua autoestima acaba sendo afetada. Assim, se possível for manter a atividade profissional será um grande antídoto, é claro respeitando as limitações da carga de trabalho.

Afetiva: com a queda do convívio social também ocorre uma queda na troca de relações afetivas, os familiares mudam a forma de enxergar esse que antes era o provedor para ser uma pessoa a ser cuidada... esses aspectos podem gerar queda da autoestima e depressão.

Saúde emocional: com tudo que foi citado anteriormente essa nova fase exige uma ressignificação completa e se o indivíduo não conseguir realizá-la passará a desenvolver sintomas psíquicos como depressão e angústia. Geralmente dificilmente esse indivíduo pedirá ajuda. Se fizer é por pedido médico ou por pressão de algum familiar. Nesses casos a psicoterapia ajudará muito nesse processo.


 
Texto por: Branca Frias

Fonte de inspiração: O stress está dentro de você - Dra. Marilda Lipp (org.)
 

Leia também

22
Setembro

A origem do Setembro Amarelo

Vamos falar um pouco sobre a origem do Setembro Amarelo e todo esse movimento de conscientização contra suicídio que começou com a história de Mike Emme, nos Estados Unidos. Ele era conhecido por sua

Vamos conversar?